Curta baiano é finalista do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

postado por Andreia Santana @ 10:44 AM
08/07/2013

Desterro, dirigido por Cláudio Marques e Marília Hughes, é um dos finalistas do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2013, na categoria curta-documentário. O filme, que foi apresentado no festival Indie Lisboa, conta a história da construção da hidrelétrica de Sobradinho, no interior da Bahia, a partir das memórias de Dona Pequenita, uma das 73 mil pessoas transferidas devido a obra.

Na 12ª edição do Grande Prêmio, que ainda não tem data definida para a cerimônia, a escolha dos curtas participantes nas categorias documentário, animação e ficção foi feita pela Associação Brasileira de Documentaristas, Fórum dos Festivais, Curta o Curta, Porta Curtas, Associação Brasileira de Cinema de Animação e Tempo Glauber.

Desterro foi premiado pelo Melhor Desenho de Som no 3º Festival de Cinema Baiano, ocorrido em junho passado e é o sexto curta dirigido conjuntamente por Cláudio e Marília. Os dois cineastas acumulam 38 premiações e 148 participações em mostras e festivais nacionais e internacionais.


Tem mais baiano em Gramado!

postado por Andreia Santana @ 12:31 PM
04/07/2013

Em Arremate, a crítica social é feita a partir das considerações de um homem às ofertas de uma operadora de telemarketing

Outro filme baiano irá participar de mostra competitiva no 41º Festival de Gramado. Além do longa A coleção invisível, divulgado aqui no blog na quarta, dia 3, a produção que também disputará um prêmio no evento é o curta Arremate, de Rodrigo Luna. O Festival de Gramado acontecerá de 9 a 17 de agosto, na cidade homônima, localizada na Serra Gaúcha.

Arremate foi premiado como o melhor filme pelo júri popular do III Festival de Cinema Baiano (Feciba), que aconteceu em junho passado, em Ilhéus. Além disso, o filme também foi eleito o melhor curta no VIII Panorama Internacional Coisa de Cinema, em 2012, e selecionado pela Mostra do Filme Livre, sendo exibido em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, entre março e maio passados, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

O curta também já foi selecionado pela 16ª Mostra de Cinema de Tiradentes, 6ª Mostra CineBH – Mostra de Cinema de Belo Horizonte, VII Festival de Cinema de Cascavel, 6º VALE CURTAS – Festival Nacional de Curtas-Metragens do Vale do São Francisco – Petrolina/PE e Juazeiro/BA; além do Festival de Humor e Performance – Salvador/Ba.

A produção, de 2012 e feita de forma totalmente independente, tem 8 minutos de duração e é uma livre adaptação do conto We can get them for you wholesale, do escritor inglês Neil Gaiman.


Panorama Coisa de Cinema inscreve para mostras competitivas

postado por Andreia Santana @ 11:11 AM
05/05/2013

O IX Panorama Internacional Coisa de Cinema, que acontece em Salvador e Cachoeira (recôncavo baiano), de 31 de outubro a 07 de novembro, está com inscrições abertas para as mostras competitivas longa-metragem nacional, curta-metragem nacional, curta-metragem internacional, categoria inserida pela primeira vez este ano; e filme baiano.

As inscrições, que serão aceitas até o dia 02 de agosto, devem ser feitas através do site www.coisadecinema.com.br/IX_panorama/, onde o interessado encontra um formulário que deverá ser preenchido e enviado para o email: panorama@coisadecinema.com.br, junto com um link para o filme em alta resolução, duas fotos de still e currículo resumido do diretor.  Não havendo possibilidade de enviar o link, uma cópia em DVD da produção deve ser remetida via Correios para o endereço informado no site e com data de postagem até o prazo final das inscrições.

Podem concorrer filmes de qualquer gênero, finalizados a partir de janeiro de 2012. As produções em longa-metragem devem ter no mínimo 60 minutos de duração, enquanto os curtas, até 30 minutos. Na mostra competitiva baiana serão aceitos filmes de qualquer duração. Já os filmes estrangeiros deverão ser legendados em inglês, quando esse não for o idioma original. A premiação é em dinheiro (valor ainda não divulgado pela produção do evento) e também em serviços ligados ao setor audiovisual.

Ao todo, serão selecionados oito longas e 16 curtas nacionais, além de 16 curtas internacionais. A quantidade de competidores entre os filmes baianos ainda não foi divulgada.

*Com informações da assessoria do Panorama Coisa de Cinema


IX Panorama Coisa de Cinema terá competição internacional de curtas

postado por Andreia Santana @ 12:02 PM
02/05/2013

O próximo Panorama Internacional Coisa de Cinema abrirá espaço para uma mostra competitiva de curtas-metragem internacional. A curadoria do evento selecionará 16 produções, de até 30 minutos de duração, produzidas em diferentes idiomas. As inscrições para a nona edição do evento, que acontecerá de 31 de outubro a 7 de novembro, em Salvador e Cachoeira (recôncavo baiano), estarão abertas ainda na primeira semana de maio. A iniciativa tem patrocínio da Petrobras e do governo baiano, através do Fundo de Cultura, com o apoio da Universidade Federal do Recôncavo e do Cineclube Mário Gusmão. Para saber mais sobre o evento, acesse a fanpage no Facebook.


Curta baiano é selecionado para o Festival IndieLisboa

postado por Andreia Santana @ 3:17 PM
22/03/2013

Desterro, curta-metragem baiano, dirigido por Cláudio Marques (organizador do Panorama Internacional Coisa de Cinema) e Marília Hughes, foi selecionado para a mostra competitiva do Festival IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema Independente, que acontece de 18 a 28 de abril, na capital portuguesa.

O curta, que já foi exibido em 12 festivais nacionais e agora terá a primeira apresentação fora do Brasil, é o sexto dirigido em conjunto por Cláudio e Marília. Os dois também finalizam a edição de Depois da Chuva, primeiro longa da dupla.

Desterro é narrado a partir das memórias da personagem dona Pequenita sobre a construção da usina hidrelétrica de Sobradinho, no interior da Bahia. Uma das 73 mil pessoas transferidas devido à construção da barragem da usina, dona Pequenita é a única a voltar à região alguns anos após a obra.

*Com informações enviadas pela assessoria de comunicação da produção do filme