Cinefacom: sexta edição exibe filmes do Cual

postado por Andreia Santana @ 4:14 PM
14/07/2013

Três curtas e um média-metragem produzidos pelo Coletivo Urgente de Audiovisual (CUAL) serão exibidos na sexta edição do Cinefacom –  Mostra Audiovisual dos Estudantes da UFBA, que acontece nesta quarta, dia  17, às 19h, no auditório da Faculdade de Comunicação (Campus de Ondina). A entrada é franca e após as sessões acontecerá um bate-papo entre os diretores dos filmes e o público.

Os filmes exibidos serão: Fake-me, Quando o coração vira porta-malas,  O caminho mais próximo de casa e Atrás dos Olhos.  O CUAL é formado por amigos, alguns formados no Bacharelado Interdisciplinar em Artes, com foco na área de cinema, e promove mostras, debates e oficinas de audiovisual. Já o Cinefacom foi criado em fevereiro deste ano pelo Centro Acadêmico Vladimir Herzog, da Faculdade de Comunicação da UFBA.

Confira as sinopses dos filmes:

Fake-me | Direção: Francisco Gabriel Rêgo e Ramon Coutinho | 15 minutos

Jovem decide iniciar carreira artística após largar o emprego. Tudo é registrado através de um documentário que ele tenta transformar em ficção.

Quando o coração vira porta-malas | Direção e Roteiro: Ramon Coutinho | 6 minutos

O encontro, o fim, o clichê, as memórias…

O caminho mais próximo de casa | Direção: Francisco Gabriel Rêgo e Ramon Coutinho | 22 minutos

Carlos recebe cartas por engano e decide devolvê-las. No endereço, encontra Celeste, que acha que ele é um sobrinho que há muito tempo não via.

Atrás dos Olhos | Direção e roteiro: Luan Santana Marques | 14 minutos

A insuficiência diante de um personagem buscando ser sujeito…

Programe-se e vá lá ver:

O quê: CineFacom  - mostra especial do Coletivo Urgente de Audiovisual (CUAL)

Quando: 17 de julho (quarta-feira), às 19 horas;

Onde: Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA;

Quanto: entrada franca

*Com informações do CA Vladimir Herzog (Facom-UFBA)


Começa nesta sexta a VII Mostra Cinema e Direitos Humanos

postado por Andreia Santana @ 12:45 PM
13/12/2012

O cultuado Cabra marcado para morrer, de Eduardo Coutinho, está na programação em homenagem ao documentarista

A 7ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul chega a Salvador nesta sexta, dia 14, e acontece até o dia 20, na sala Walter da Silveira (Biblioteca dos Barris), com um total de 36 filmes, incluindo títulos ainda inéditos no país. O homenageado do evento em 2012 é o brasileiro Eduardo Coutinho, considerado um dos mais importantes documentaristas da atualidade em todo o mundo.

Do diretor, estão programados o clássico Cabra Marcado Para Morrer (1984), premiado no Festival de Berlim, Santo Forte (1999), um mergulho na intimidade de católicos, umbandistas e evangélicos de uma favela carioca, e O Fio da Memória (1991), mosaico sobre a experiência negra no Brasil a partir da figura de um artista popular.

A programação traz ainda os longas-metragem Hoje, de Tata Amaral, que  aborda reflexos atuais de fatos ocorridos durante a ditadura militar e tem no elenco Denise Fraga e o ator uruguaio Cesar Troncoso. O filme foi o grande vencedor do Festival de Brasília, onde acumulou cinco premiações, inclusive de melhor filme e de melhor atriz; e o documentário O Dia Que Durou 21 Anos, de Camilo Tavares, que revela documentos secretos que confirmam articulações de governos norte-americanos para a derrubada do presidente João Goulart, seguida pela instauração da ditadura. 

Também inédito é o colombiano Chocó, de Jhonny Hendrix Hinestroza, que foi lançado pelo Festival de Berlim deste ano e transformou-se em grande sucesso de público: meio milhão de pessoas assistiram ao filme na Colômbia. A obra destaca os problemas do desemprego, do desalojamento e da violência doméstica.

Outro filme programado, que também foi exibido no Festival de Berlim, e é o indicado oficial pelo Uruguai ao Oscar de Filme Estrangeiro é A Demora. O filme conta a história de uma mulher, de família pobre, que não consegue internar seu idoso pai em um asilo e acaba tomando uma atitude drástica. Assinado pelo cultuado diretor Rodrigo Plá, o longa é inédito nas salas brasileiras.

O uruguaio A demora é outro destaque na programação do festival

Na programação está ainda Elvis & Madona, longa vencedor do Prêmio da Associação de Correspondentes Estrangeiros (ACIE) nas categorias melhor ator (para Igor Cotrim, melhor atriz (para Simone Spoladore), melhor diretor (para Marcelo Laffitte) e melhor filme segundo o júri popular. O divertido enredo acompanha o envolvimento de uma travesti com uma jovem entregadora de pizza.

Batismo de Sangue, dirigido por Helvécio Ratton, trata da participação de frades dominicanos na luta clandestina contra a ditadura militar brasileira, no fim dos anos 1960. Adaptado do livro homônimo de Frei Betto, vencedor do prêmio Jabuti, o filme foi vencedor dos prêmios de melhor direção e melhor fotografia no Festival de Brasília e tem no elenco Caio Blat, Daniel de Oliveira, Cássio Gabus Mendes e Ângelo Antônio.

Realizado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, com produção da Cinemateca Brasileira/MinC e patrocínio da Petrobras, a Mostra tem o objetivo de celebrar o aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948. A iniciativa conta com apoio do Ministério das Relações Exteriores, da TV Brasil, da Sociedade Amigos da Cinemateca e do Sesc. 

Serviço:

O quê – 7ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul
Quando – 14 a 20 de dezembro
Onde - Sala Walter da Silveira/ R. General Labatut, 27- Subsolo – Barris – CEP 40070-100 - (71) 3116.8120
Quanto – entrada franca


Smurfs e O Homem do Futuro encerram Cinema na Praça

postado por Andreia Santana @ 8:39 PM
26/05/2012

A temporada de primeiro semestre do projeto Cinema na Praça,  realização da Fundação Gregório de Mattos (FGM), terá duas sessões esta semana: na segunda, 28, na Ribeira, e na quarta-feira, 30, na praça Thomé de Souza (centro da cidade). Depois, o projeto dá uma descansada e retorna na segunda quinzena de julho, para a segunda edição do ano. Por serem realizadas em espaço aberto, as sessões podem ser canceladas devido a alterações climáticas. Já sabem não é, rezem para São Pedro dar uma forcinha.

Na segunda, 28, às 18h,  na praça Dodô e Osmar, Ribeira,  acontece a exibição de Smurfs – O Filme. A produção narra uma aventura com os personagens carismáticos que se popularizam na TV. Quando a perseguição do malvado mago Gargamel expulsa os smurfs de sua vila através de um portal mágico, eles vêm parar no meio do Central Park de Nova York. Presos na Big Apple, os Smurfs precisam encontrar um jeito de voltar para a vila, antes que Gargamel os localize.

Na quarta-feira, 30, também às 18h, a comédia nacional  O Homem do Futuro será exibida na Praça Thomé de Souza (praça Municipal). Em O Homem do Futuro, João/Zero (Wagner Moura) é um cientista genial, mas infeliz porque há 20 anos foi humilhado publicamente durante uma festa e perdeu Helena (Alinne Moraes), uma antiga e eterna paixão. Certo dia, uma experiência com um de seus inventos permite que ele faça uma viagem no tempo, retornando para aquela época e podendo interferir no seu destino. Mas quando ele retorna, descobre que sua vida mudou totalmente e agora precisa encontrar um jeito de mudar essa história, nem que para isso tenha que voltar novamente ao passado…


Cinema na praça exibe As Aventuras de Agamenon

postado por Andreia Santana @ 8:02 PM
24/04/2012

O projeto Cinema na Praça exibe nesta quarta-feira, 25, às 18h, na Praça Thomé de Souza (praça do Elevador Lacerda), a comédia nacional As Aventuras de Agamenon – O Repórter. A programação é aberta ao público e gratuita.

A comédia é dirigida por Victor Lopes e conta a história da vida “louca e misteriosa” do jornalista Agamenon Mendes Pedreira, personagem criado por Marcelo Madureira e Hubert (do Casseta & Planeta), que assinam há mais de 20 anos uma coluna de jornal com as transloucadas histórias do intrépido periodista. A história de amor com a provocante Isaura sobrevive às mais inesperadas viagens do repórter mundo afora, em busca da notícia e da fama…

No elenco, além Hubert e Madureira, estão Luana Piovani, Miele, Guilhermina Ginle, Pedro Bial e outros.

A exibição acontece ao ar livre, por isso a programação está sujeita a alterações devido às condições climáticas. Ou seja, rezem para não chover!

 


Cine Aquarius exibe animação Rango nesta sexta

postado por Andreia Santana @ 5:04 PM
03/01/2012

A primeira sessão do projeto Cine Aquarius em 2012 acontece nesta sexta-feira, dia 06, com exibição da animação Rango, direção de Gore Verbinski (da franquia Piratas do Caribe), às 19h30, no anfiteatro da praça Aquarius (atrás do Hospital da Bahia, na Pituba). O filme conta a história de um camaleão em crise de identidade que, ao se ver numa cidade do velho-oeste infestada de bandidos, transforma-se sem querer em herói para proteger os habitantes do lugar. No original, em inglês, Johnny Depp empresta a voz ao personagem título. A programação é gratuita.