Blog Archives


Franquia Avatar vai ter mais dois filmes

postado por Andreia Santana @ 12:49 AM
30/10/2010

Os altos executivos da Fox já bateram o martelo e James Cameron está liberado para gravar Avatar 2 e 3. Sinceramente, não vejo necessidade de outros filmes, o primeiro já estava de bom tamanho, mas creio que os fãs vão discordar, então, que venha a trilogia.

Cameron, que sempre considerou Avatar a criação de um mundo novo e de uma nova mitologia (super modesto ele!), começará a trabalhar nos roteiros das suas sequências no início de 2011, com planos de iniciar a produção no final do ano. Após finalizar os roteiros, o diretor verá se roda os dois filmes simultaneamente.

Mais um pitaco da blogueira: pode ser prático em termos de custos de produção, mas o resultado não fica muito legal, vide Piratas do Caribe, que tem dois filmes muito bons, para descer a ladeira no terceiro. Uma pena, porque a história é bem bacana.

O lançamento de “Avatar 2″, que ainda não tem título definido, está programado para dezembro de 2014, e “Avatar 3″ (igualmente com título provisório”, deve chegar aos cinemas no ano seguinte, em dezembro de 2015.

Avatar, que na época do lançamento me rendeu um estimulante debate com muitos leitores do blog (eles adoraram o filme e eu nem tanto assim) é a produção de maior bilheteria de todos os tempos na história do cinema, tendo faturado cerca de 2,8 bilhões de dólares ao redor do mundo. Ao menos, detém o recorde contemporâneo, sem levar em conta a inflação e outras variáveis que sempre entram nos cálculos de quem adora fazer ranking disso e daquilo.

Também é o filme em Blu-ray mais vendido até hoje. A produção ganhou o Globo de Ouro de Melhor Filme e Melhor Diretor; foi indicado a nove categorias do Oscar, inclusive o de Melhor Filme e Melhor Diretor. Mas, só levou mesmo as estatuetas de Direção de Arte, Efeitos Visuais e Fotografia. De fato, o filme é um primor de tecnologia, um divisor de águas para o cinema 3D e lógico, deu sua contribuição ao modo de fazer cinema no século XXI e só por isso já deixou sua marca. Mas continuo achando o roteiro prevísivel e fraco. Um filme porém, antes que alguém grite, é mais que roteiro. Embora para mim não faça muito sentido uma técnica excelente para contar uma história ruim.

Para realizar o primeiro Avatar, Cameron, que também é o autor da história, demorou 15 anos da concepção do projeto até a chegada do filme aos cinemas. Segundo ele porque na época em que teve a ideia, não existia tecnologia suficiente para criar o mundo que idealizou na lua de Pandora.

A parceria do diretor com a Fox já ocorre há 25 anos. O primeiro filme, em 1985, foi Aliens, que se tornou um clássico da ficção científica. Em seguida, vieram O Segredo do Abismo e True Lies, este segundo é estrelado por Arnold Schwarzenegger no auge da fama. Em 1996, a Fox deu o sinal verde para a realização de Titanic, que se tornou o filme de maior sucesso da história e bateu recordes ao vencer onze estatuetas no Oscar, entre elas a categoria Melhor Filme.

Titanic era o recordista em bilheteria até ser desbancado por Avatar. Essa medição, porém, sempre dá polêmica. Levando em conta a inflação dos últimos 70 anos até maio de 2009, por exemplo, em medição realizada pela Revista SuperInteressante, o filme E o vento levou, de 1938, seria o mais visto da história.O cálculo de Avatar leva em conta todas as bilheterias mundiais com a moeda de hoje, afinal o filme é recente. E o vento levou, com a atualização da inflação até maio de 2009, teria faturado US$ 1,455 bilhão. Como ninguém refez o cálculo até os dias atuais (estamos em outubro de 2010), não dá para saber se o clássico antigo desbancaria o clássico moderno. Quem gostar de matemática que se habilite.

Foi com Titanic também que James Cameron alcançou o estrelado como diretor de blockbusters, tendo também a fama de produzir filmes caríssimos e que faturam verdadeiras fortunas. Com Titanic, ele também elevou aos píncaros da glória os atores Leonardo Di Caprio e Kate Winslet.

*As informações sobre os novos filmes do James Cameron foram enviadas à blogueira pela assessoria da Fox.

Leia mais sobre o primeiro Avatar aqui no blog:

>>Cinema para ler: relatórios confidenciais de Avatar

>>Avatar bate recorde de vendas de Blu-ray

>>Sam Worthington: de avatar a herói “olímpico”

>>Avatar desbanca Titanic e A Era do Gelo 3

>>Recorde de bilheteria nacional para Avatar

>>Avatar: falta história e sobra computação gráfica


Filmes mudos de Hitchcock serão digitalizados

postado por Andreia Santana @ 8:52 PM
13/09/2010

A notícia é da Agência France Press (AFP) e causou expectativa aos fãs do mestre do suspense, Alfred Hitchcock, na semana passada. Uma equipe do Instituto de Cinema Britânico (BFI) decidiu restaurar os filmes produzidos pelo cineasta na década de 20, ainda na fase muda da sétima arte. Tratam-se dos primeiros trabalhos – como The lodger (O pensionista), de 1926 – do diretor que inspirou Brian de Palma e M. Night Shyamalan, entre outros; e que consagrou os thrillers psicológicos.

Com ajuda de ferramentas de precisão e microscópio, a equipe está removendo manchas, poeira incrustrada e outras impurezas dos rolos de nitrato de nove filmes originais de “Hitch”, em um projeto orçado em um milhão de livras (1,2 milhão de euros). O dinheiro veio de doações de fãs do diretor no mundo todo. A ideia é usar alta tecnologia para melhorar a nitidez das imagens, mas sem alterar o formato original das obras, que são em p&b, possibilitando tanto o relançamento e exibição em salas de cinema, como também a realização de cópias em DVD.

Alfred Hitchcock, britânico de nascença, é considerado o grande mago dos filmes de suspense psicológico, mestre do clímax e do ritmo cinematográfico e um dos gênios da consolidação do cinema como arte e entretenimento. Seu maiores clássicos são Janela Indiscreta (1954), Um corpo que cai (1958), Psicose (1960) – a obra-prima do cineasta – e  Os pássaros (1962). Seus filmes mudos, no entanto, também fizeram sucesso na Inglaterra dos anos 20. A filmografia do diretor é dividida entre a fase muda (britânica) e fase sonora (já em Hollywood).


Edital Cine Mais Cultura Bahia abre inscrições

postado por Andreia Santana @ 3:38 PM
31/05/2010

Estão abertas as inscrições para o Edital Cine Mais Cultura, um programa do Minc (Ministério da Cultura)  em parceria com a Secult (Secretaria de Cultura do Estado da Bahia), que tem o objetivo de popularizar o acesso às produções audiovisuais. O projeto contemplará até 60 propostas.

Serão mais R$ 900 mil em investimentos, sendo R$ 600 de mil de recursos federais através do MinC e R$ 300 mil de recursos estaduais, através da Secult. Os vencedores ganharão kit de projeção digital (tela, projetor, sistema de som, DVD player e microfone sem fio), filmes e vídeos brasileiros em DVD e capacitação para dois representantes de cada proposta. No Brasil, através do Cine Mais Cultura, já foram implantados 813 projetos em 672 localidades do interior.

Os interessados em propor projetos devem pertencer à sociedade civil, devidamente constituídos sob forma de entidade sem fins lucrativos. Para conferir detalhes do projeto Cine Mais Cultura e acessar os editais:

>>www.mais.cultura.gov.br

>>cinemaiscultura.org.br

>>www.cultura.ba.gov.br

>>www.funceb.ba.gov.br

*Com informações da Funceb (Fundação Cultural do Estado da Bahia)


Projeta Brasil exibe filmes nacionais a R$ 2,00

postado por Andreia Santana @ 3:17 AM
07/11/2009
Feliz Natal, de Selton Mello, é um dos filmes em cartaz pelo Projeta Brasil nesta segunda-feira

Feliz Natal, de Selton Mello, é um dos filmes em cartaz pelo Projeta Brasil nesta segunda-feira

O Projeta Brasil, que chega a sua décima edição este ano, acontece nesta segunda-feira, dia 09, com a exibição exclusiva de filmes nacionais nas 410 salas do complexo Cinemark em todo país. A notícia boa é que os ingressos das sessões custam R$ 2,00. Na capital baiana, a iniciativa contará com a presença do ator e capoerista Anderson Grillo, protagonista do filme “Besouro”, que conta a história de um mítico capoerista homônimo, que viveu na década de 20, no recôncavo baiano. A performance de Grillo acontece das 17h30 às 18h30, no complexo do Salvador Shopping.

Entre os longas desta edição do Projeta estão títulos como “Se Eu Fosse Você 2” e “Tempos de Paz”, de Daniel Filho; “Os Normais 2 – A Noite Mais Maluca de Todas”, de José Alvarenga Jr.; “O Contador de Histórias”, de Luiz Villaça; “Feliz Natal”, de Selton Mello; e “A Mulher Invisível”, de Cláudio Torres. Uma das consequências do Projeta Brasil é que a verba arrecada pelas sessões em todas as salas do cinemark é investida no incentivo ao cinema nacional.


Cinema no Rio 2009 visita interior da BA

postado por Andreia Santana @ 2:46 AM
24/10/2009
O belíssimo Mutum é um dos destaques do Cinema no Rio nas cidades baianas

O belíssimo Mutum é um dos destaques do Cinema no Rio nas cidades baianas

Neste final de semana, as comunidades às margens do Rio São Francisco serão contempladas com a visita do projeto Cinema no Rio 2009, que já percorreu diversas cidades do interior Brasil com o objetivo de democratizar o acesso à sétima arte. Até domingo, as cidades de Malhada, Carinhanha e Angico recebem uma programação que inclui sessões de cinema ao ar livre e oficinas de arte-educação. Serão exibidos, no total, sete curta-metragens, sendo que cinco são de animação, e dois longas, todos nacionais. Os destaques são para Mutum, premiado filme de Sandra Kogut, e a comédia Tapete Vermelho, de Luís Alberto Pereira. As oficinas e as sessões são totalmente gratuitas.

>>Conheça os detalhes do projeto no site oficial (clique aqui)

Sobre Mutum:
Mutum é o nome de um local isolado no sertão de Minas Gerais. Neste lugar “esquecido por Deus e pelos homens”, vivem Thiago e sua família. Thiago tem apenas 10 anos e, juntamente com seu irmão Felipe, vive os dilemas do mundo dos adultos. A poesia e o encanto lúdico da infância precisa conviver com a aridez e os conflitos dos mais velhos.

Assista ao trailer:

>>Visite o site oficial do longa (clique aqui)